- Sheila Vianna - Bola de Neve Santos

O paradigma de Ezequiel nos mostra um contexto no qual o povo de Deus estava sendo disciplinado por meio de um cativeiro. Deus levanta Ezequiel para profetizar ao povo, que estava endurecido, e lhe mostra os bastidores, a causa daquele cenário de caos.

Deus mostrou Sua glória a Ezequiel, e o levou em visao ao templo em Jerusalem, mostrando que a causa de Sua ira era a corrupção da adoração e do culto, que O afastaram da Sua propria morada.

O Senhor mostrou a Ezequiel a idolatria presente em varios aspectos; moral, sexual, cultual. Os lideres e o povo chegando ao cúmulo de continuar com suas reuniões e liturgias, mesmo ignorando o próprio Deus e Sua Palavra.

Dentro deste contexto, Deus se revela como Jeová Nakkah: “o Senhor que fere”. (Ez 7.9)

Nossos dias são dias como os dias de Ezequiel. O Senhor ferindo a terra, fazendo soar um alarme que desperte o povo que se chama pelo Seu nome ao ARREPENDIMENTO. Sem isso, não há esperança.

O Senhor julgou o povo, mas preservou o remanescente fiel, aqueles que gemem e suspiram pelas abominações da terra, que sofrem junto com Deus; estes são marcados e poupados, e só entao, o avivamento virá!!! Que estejamos entre esses! Que têm os olhos abertos para ter visões de Deus, e sejamos levantados pelo Espirito Santo para que a nossa vida seja um ato profético ambulante nesses dias de trevas!

 

- Sheila Vianna - Bola de Neve Santos